Como o conteúdo pode ajudar a sua empresa a vender

Na última década, o conteúdo relevante assumiu um papel de muita importância no marketing digital. Naturalmente o conteúdo foi interessando os usuários da internet, assim estes foram compartilhando e disseminando os conteúdos que consideravam interessantes. E esse processo se transformou em um hábito natural dos usuários da internet.

Dessa forma, as empresas foram percebendo que produzir conteúdo relevante era uma saída inteligente para atrair pessoas, ao invés de ficar fazendo propaganda direta do seu produto.

E assim nasceu o Inbound marketing, que é uma forma de pensar relativamente nova, baseada na ideia de compartilhamento e criação de um conteúdo de qualidade direcionado para um público-alvo, utilizando táticas de marketing online.

Esse conteúdo de qualidade pode ser expresso em vários formatos. Os conteúdos mais comuns, são os escritos, que podem ser: post de blog e redes sociais, e-books e infográficos entre outros. Existem os conteúdos em vídeo, que podem ser postados no YouTube, Vimeo, Facebook, Instagram. Existem os conteúdos em áudio, que são os Podcasts.

Não interessa o formato do conteúdo, ele tem que ser de qualidade e relevante para o público que a empresa quer atingir. Você pode estar se perguntando, depois de começar a produzir conteúdo, o que faço com isso? Como posso reverter isso em vendas para minha empresa?

A resposta é simples! Você lembra do Inbound Marketing que falamos acima? Para reverter o conteúdo em vendas, você precisa elaborar uma estratégia de Inbound Marketing para sua empresa!

Por isso agora, vamos nos aprofundar um pouco mais no conceito de Inbound Marketing.

Inbound marketing, ou o “novo marketing”, como é conhecido, é qualquer tática de marketing que se baseia em conquistar o interesse das pessoas em vez de comprá-las. O “velho marketing”, outbound marketing, é qualquer tática de marketing que “empurra” produtos e/ou serviços para os clientes.

Por exemplo, o outbound marketing é aquele com o qual estamos mais acostumados. Imagine-se vendo seu programa favorito na tv e, de repente, entram os comerciais de um jipe. Ou, você está lendo um conteúdo num portal de notícias e sobe um pop-up apresentando uma mega promoção de televisão. E você nem quer comprar uma televisão, tampouco um jipe.

Se a estratégia fosse de Inbound, você seria impactado por este mesmo comercial do jipe se você estivesse interessado em comprar este jipe, provavelmente fazendo pesquisas sobre ele e tivesse o perfil para esta compra. Ou seja, é você que vai atrás da informação e ela chega justamente quando você está precisando dela. Conseguiu captar a diferença?

E como surgiu Inbound Marketing?

O Inbound Marketing surgiu em 2006 nos Estados Unidos e foi criado pelos criadores da Hubspot, uma empresa de software para marketing digital.

Eram dois rapazes, Brian e Dharmesh, e eles descobriram a metodologia de Inbound por acaso, pois Dharmesh tinha um blog chamado Onstartups com reflexões sobre empreendedorismo. O blog começou devagarinho, despretensiosamente e ganhou apelo de massa e tráfego maciço, surpreendendo os dois.

Daí eles pensaram: por que um pequeno blog escrito por um estudante de graduação com nenhum orçamento de mídia foi capaz de obter muito mais tráfego e interesse do que sites e blogs de empresas com equipes de marketing profissionais e grandes orçamentos?

O segredo de tudo estava no conteúdo, que além de altíssima qualidade era totalmente direcionado para aquele público de empreendedores com quem ele queria falar. Então ele percebeu que estava descobrindo uma nova estratégia, o novo marketing, o Inbound Marketing. Depois disso eles escreveram um livro que se chama: “Inbound marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs“

O in da palavra Inbound, vem de trazer o cliente até o seu site, o seu negócio. Fazer a sua empresa ser encontrada por quem procura o que você vende. Como falamos antes, diferentemente de outbound marketing, no qual o vendedor faz uma ligação ou visita totalmente fria, sem saber se a pessoa está pensando em comprar o que ele vende.

Você deve estar pensando: então o papel do vendedor perdeu a importância?  Não, nada substituirá o método tradicional, o olho no olho, a confiança e profundidade entre relações interpessoais.

Inbound Marketing x Outbound Marketing

– Outbound Marketing feito junto ao Inbound Marketing potencializa muito o retorno do trabalho de conquista de novos clientes.

– Outbound Marketing costuma gerar alto fortalecimento de marca para sua empresa.

Portanto, levante a mão se você sabe de um negócio que gostaria de ter mais visitantes no seu site mais contatos de prospects para a sua equipe de vendas? As chances são grandes de você ter levantado a sua mão. Sabemos disso, pelo simples fato de que as empresas querem vender mais.

Agora, levante a mão se você gosta de ficar recebendo chamadas frias de vendas de telemarketings inoportunos durante o almoço? Ou e-mails de spam com ofertas irrelevantes na sua caixa de entrada. Como muitos anúncios pop-up quando você está tentando ler um artigo na internet? Duvido que você tenha levantado a mão.

É bem isso aí! A maioria das outras pessoas compartilha do seu sentimento.

As pessoas não querem ser interrompidas por vendedores. Elas querem ser ajudadas. Querem tirar as suas dúvidas sobre os assuntos que tem real interesse.

Por isso Inbound Marketing funciona!

Agora que você já entendeu como o conteúdo pode ajudar a sua empresa a vender, comece a pensar em iniciar  Inbound Marketing da sua empresa baixando o E-book Introdução ao Inbound Marketing.

 

Leave A Comment

istanbul escort
kartal escort